Quem sou eu

Minha foto
MARAVILHOSA, Rio de Janeiro, Brazil
Diante de tanta contradição da vida, aprendi que devo ter alto astral acima de qualquer coisa!Eu nunca imaginei que seria pedagoga. Não me preparei para isso. Ela chegou sem que eu preparasse o seu caminho e por isso fiquei tão apaixonada. Essa é para mim a profissão mais linda e digna que existe... Sem sonharmos e idealizarmos algo melhor, nunca poderemos alcançar um diferencial.Essa é minha ideologia e não posso deixar que apaguem por não acreditarem que existe solução para a educação do nosso país,"Não,podemos viver sem ideologias, ter sucesso sem acreditar em valores fortes, concretos,lutar por nossos objetivos sem acreditar que eles serão alcançados,almejar uma vida de realizações soterrando nossas verdadeiras crenças.Tenha suas ideologias muito bem definidas e paute sua vida sobre elas. Não tenha medo do que os outros vão pensar se você está realmente convicto no que acredita ser o certo,não tenha medo de fracassar embasado nelas, aprenda que neste mundo nada é absolutamente ruim ou bom e que sempre,terá que defender suas escolhas e pagar por elas." Eu estou consciente pela escolha que fiz na minha vida profissional,e você?

Seguidores

visitas

Contatos pessoais

e-mail pessoal:
luciana.moraesmaluf@gmail.com

Msn1:
lucianammaluf@hotmail.com
Msn2:
pedlumoraes@hotmail.com
Este espaço é algo criado por mim para dividir, com todos que, assim como eu, adoram de fato o que fazem dentro da educação, um pouco do que pesquiso na internet e também do que tenho de material voltado à esta área que de fato sou louca de paixão.

Peço desculpas pela demora em atualizar os conteúdos.

No mais, a todos que visitam este blog, espero que até o momento tudo que há de conteúdo esteja sendo agradável.

Com carinho,

Lu Moraes
contato: luciana.moraesmaluf@gmail.com
msn: pedlumoraes@hotmail.com

“Ninguém começa a ser educador numa certa terça-feira às quatro horas da tarde. Ninguém nasce educador ou marcado para ser educador. A gente se faz educador, a gente se forma, como educador, permanentemente, na prática e na reflexão sobre a prática”

(Paulo Freire, em “A educação na cidade”)

“Ser professor é um privilégio. Ser professor é semear em terreno sempre fértil e se encantar com a colheita. Ser professor é ser condutor de almas e de sonhos, é lapidar diamantes" Gabriel Chalita

Traduzir página

Eu fico com a pureza da resposta das crianças: a vida é bonita.
Viver e não ter a vergonha de ser feliz.
Cantar e... cantar e ...cantar a eterna beleza de ser aprendiz.
Eu sei que a vida devia ser bem melhor. E será.
Mas issoo impede que eu repita: é bonita, é bonita, é bonita!
(Gonzaguinha).
"Há os que adquirem conhecimento pelo valor do conhecimento - e isto é vaidade de baixo nível. Mas há os que desejam tê-lo para edificar outros - e isto é amor. E há outros que o desejam para que eles mesmos sejam edificados - e isto é sabedoria." - (Bernardo de Claraval)
"Todas as postagens que não são de minha autoria é dado o devido crédito e citado a fonte, até porque quando se copia algo de alguem a intenção não é fazer plágio, e sim divulgar as informações para um maior número de pessoas favorecendo assim o conhecimento."
Lucia Araújo/cc: Luciana Moraes

sábado, 9 de abril de 2011

Seminário - Ensino Médio em debate: bases materiais e concepções em disputa

Sábado, 14 de maio de 2011
 
Público-alvo: profissionais de Educação
 
Local: sede – Centro (auditório do 2º andar)

Consultoria: Gaudêncio Frigotto
Tanto do ponto de vista da sua concepção e qualidade, quanto do seu entendimento e responsabilidade constitucional, o Ensino Médio se apresenta, há décadas, como o nível mais problemático da educação brasileira. A não criação do Sistema Nacional Articulado de Educação, ponto central afirmado na Conferência Nacional de Educação e incorporado ao Plano Nacional de Educação em debate, teve como resultado o quase total abandono deste nível de ensino. Acrescente-se a esse quadro, especialmente a partir da década de noventa, o aprofundamento das políticas neoliberais, que plantaram, de forma avassaladora, a visão mercantil em todos os níveis de ensino e penalizaram, em diferentes níveis, o trabalho do professor.
Por outro lado, de forma inédita, no discurso de posse, a presidenta Dilma Roussef destacou que só existirá ensino de qualidade se o professor e a professora forem tratados como as verdadeiras autoridades da educação, com formação continuada, remuneração adequada e sólido compromisso com a educação das crianças e jovens. No mesmo discurso destacou o Ensino Médio como prioridade, mas apontando para um tema polêmico nas organizações e instituições científicas da área. A ideia de uma espécie de ProUni para o Ensino Médio. Com o objetivo de aprofundar, debater e dialogar sobre essas questões, particularmente com os profissionais da educação do Estado do Rio de Janeiro, o Sinpro-Rio promove uma jornada de debates com pesquisadores que analisam estas questões no plano teórico e político prático.

Valor:
Sindicalizado: R$ 10
Não sindicalizado: R$ 40
Associado de outra entidade de professor ou professor maior de 60 anos: R$ 20

Programa:
Credenciamento – 8h30
Abertura – 9h

Seminário

Mesa 1 - 9h30 às 11h30
 

Ensino Médio no sistema articulado de Educação PNE (2011-2020): bases materiais e concepções em disputa

Coordenação da mesa:
 

Maria Ciavatta - filósofa, doutora em Educação pela Pontifícia Universi- dade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), professora associada ao pro- grama de pós-graduação em Educação (mestrado e doutorado) da Uni- versidade Federal Fluminense (UFF) e professora visitante na Faculdade de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Palestrantes:
 

Gaudêncio Frigotto - filósofo e educador, doutor em Ciências Humanas (Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), professor titular do Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Po- líticas Públicas e Formação Humana na Faculdade de Educação da Uni- versidade do Estado do Rio de Janeiro (PPFH/UERJ) e membro do Comitê Diretivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO).
 
Luiz Edmundo Vargas de Aguiar - ex-reitor do IFRJ, pró-reitor de exten- são do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia/IFRJ, doutor em Ciências e mestre em biologia molecular.

Intervalo - 11h30 às 13h

Comunicações - 13 às 14h
 

Panoroma do Ensino Médio em instituições públicas: ISERJ, CP2, CAp-Uerj

Mesa 2 - 14 às 16h
 

O professor do Ensino Médio: diagnóstico e perspectivas

Coordenação da mesa:
 

Wanderley Quêdo (presidente do Sinpro-Rio)

Palestrantes
 

Dalila Andrade Oliveira - professora titular da Faculdade de Educação da UFMG - Presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pes- quisa em Educação (ANPEd).
 
Carlos Artexes Simões – engenheiro eletrônico (UFRJ), pedagogo (UFRJ), especialista em Didática Aplicada a Educação tecnológica (CEFET-RJ), mestre em Educação (UFF), professor do CEFET-RJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOSTARIA DE SABER O QUE ACHOU DESTE ARTIGO!

Nem especial, nem regular, nem pra "normais", nem pra "deficientes"...apenas educação, porque chegará o dia que educação será uma coisa só.

Visualizações de páginas da semana passada